Saúde

Vacina contra HIV começa a ser testada em humanos

415Visualizações

Nesta quinta-feira, 19, o laboratório Moderna começou a testar uma vacina experimental contra o HIV em humanos. O produto utiliza RNA mensageiro (mRNA) — a mesma tecnologia utilizada no imunizante desenvolvido pela empresa para combater a covid-19.

Formalmente publicada no registro do Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos, a fase 1 do ensaio envolverá 56 voluntários, que têm entre 18 e 50 anos e que não são portadoras do vírus. Eles serão divididos em dois grupos de igual tamanho: o primeiro receberá duas doses iguais do imunizante mRNA-1644, e o segundo uma dosagem do mRNA-1644 e a outra mRNA-1644v2.

Com duração de dez meses, essa etapa servirá para verificar a segurança das fórmulas. Caso ela obtenha sucesso, mais duas fases serão necessárias antes que as agências liberem a vacina para uso. Se tudo correr bem, o mundo terá seu primeiro fármaco capaz de impedir a disseminação do patógeno.

O HIV existe há 40 anos

O HIV foi descoberto há 40 anos, quando os primeiros casos da síndrome da imunodeficiência adquirida (na sigla em inglês, aids) apareceram em um relatório do Centro para Controle de Doenças (CDC) dos Estados Unidos.

O resumo semanal de saúde pública do CDC de 5 de maio de 1981 informava que cinco jovens de Los Angeles foram diagnosticados com uma infecção pulmonar incomum conhecida como pneumonia por Pneumocystis carinii (PCP) e dois deles haviam morrido.

 

Fonte: revistaoeste