DestaqueMundo

Criança aos prantos pede para morrer após ser alvo de bullying na escola: “Queria esfaquear meu coração”

138Visualizações

“Eu quero que as pessoas saibam — pais, educadores, professores — que este é o efeito que o bullying tem. É isto que o bullying faz. Então, por favor, eduquem seus filhos, suas famílias, seus amigos, porque só é necessário um instante… E vocês se perguntam por que as crianças estão se matando”, narra a mãe enquanto o filho chora.

“Neste momento, eu queria esfaquear meu coração”, desabafa o filho. À National Indigenous TV (NITV), a mãe afirmou que ele já tentou tirar a própria vida em diversas ocasiões desde os seis anos.

“Eu costumava dizer para ele ignorar. Bem, não. Ignorar esta p… não resolve o problema. Como você vai corrigir o bullying se você escolhe ignorá-lo?”, diz Yarraka.

“Isso precisa ser corrigido agora e é isso que estou fazendo neste momento. Toda vez que acontecer, farei um vídeo ao vivo para as pessoas saberem. Então, espero que possamos ter algumas mudanças, para que isso não aconteça com outra família, e espero que não precisemos perder outra vida inocente para o bullying”, acrescenta ela.

 

 

Fonte: News Paraíba

Deixe uma resposta

1 × 3 =