Economia

Voa Brasil: primeira fase do programa terá passagens a R$ 200 para mais de 21 milhões de pessoas

O programa Voa Brasil está muito próximo de sair do papel e deve beneficiar na primeira fase 21 milhões de brasileiros. A iniciativa do governo Lula prevê passagens a R$ 200 para aposentados, pensionistas e estudantes de baixa renda.

No início do ano, o ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, previu o lançamento do programa na primeira quinzena de fevereiro. Embora tenha atrasado, Costa Filho afirmou que falta muito pouco. “Só falta um alinhamento de agenda com o presidente Lula, para fazermos o lançamento”, disse em entrevista ao UOL.

Na primeira etapa do programa, poderão participar 800 mil estudantes do Programa Universidade Para Todos (ProUni) e 20,8 milhões de aposentados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que recebem até dois salários mínimos (R$ 2.824).

A quantidade de passagens previstas na primeira fase do programa deve ser anunciada por Lula no dia do lançamento. O Terra entrou em contato com o Ministério dos Portos e Aeroportos para saber mais detalhes sobre o programa, mas não obteve retorno até o momento.

A previsão feita pelo ministério no início de janeiro é que, nesta primeira fase do programa, das 21 milhões de pessoas, cerca de 3 milhões de cidadãos que antes não viajavam, tenham a oportunidade de viajar pelo Brasil ao longo de 2024.

Alerta

Como o programa ainda não foi lançado oficialmente, o governo federal ainda não está realizando cadastro e nem solicitando valores para inclusão no programa.

Caso o cidadão receba ligação, correspondência, mensagem de texto no celular ou via redes sociais solicitando depósito em dinheiro para ser incluído no Voa Brasil, denuncie na ouvidoria do Ministério de Portos e Aeroportos e não caia nessa. Por Terra