O crônico problema de falta de água nas torneiras continua revoltando os moradores do município de Afogados da Ingazeira. Depois de várias tentativas de diálogo com a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), muitos cidadãos começaram a combinar protestos contra a empresa em grupos de WhatsApp e Facebook nessa quarta-feira (06) de novembro.

Uma manifestações contra a Compesa está programada para as 8h da manhã de sexta-feira dia (08), em frente à Catedral Senhor Bom Jesus dos Remédios, Centro, e de lá segue para a sede da Compesa em protesto. 

A situação de falta d´água em Afogados beira a calamidade pública. Há relatos de bairros sem água nas torneiras há mais de 22 dias. Até o momento, a empresa não se pronunciou oficialmente sobre a mais recente crise de abastecimento hídrico. Os organizadores pedem que os manifestantes levem seu Documento de Identidade (RG), para assinarem o abaixo-assinado. Toda a população está convidada a participar.